Procurador bolsonarista faz postagem racista sobre super-heróis e é criticado nas redes

Eric Lins disse que não existe Superman negro. Há, no entanto, uma versão do herói comunista. Veja aqui

O procurador e deputado estadual bolsonarista, Eric Lins (DEM-RS), fez uma postagem racista em sua conta do Twitter, nesta quinta-feira (6), onde cita vários personagens de histórias em quadrinhos e pede para que eles não sejam esculhambados.

O procurador afirma: “Não existe Pantera Negra ruivo. Não existe Superman negro. Não existe Thor moreno. Não existe Mulher maravilha loira. Não existe Tempestade japonesa. Não esculhambem os personagens!!!”

Lins se esqueceu, no entanto, de citar que, apesar de não ser negro, há uma versão soviética do Superman comunista.

Segundo a DC Comics, nesta versão o herói “batalha até o fim por Stalin, pelo socialismo e pela expansão do Pacto de Varsóvia”.

No roteiro do autor de quadrinhos Mark Millar, o Superman vem de Kripton e pousa em uma região próxima a uma fazenda coletiva na Ucrânia, parte da União Soviética na época.

Em vez de levar o S, que significa “esperança” em Krypton, o personagem passou a carregar em seu peito uma foice e um martelo, símbolo manifesto da União Soviética.

Quem reagiu à postagem de Lins foi Joanna Maranhão. Veja abaixo:

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR