Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de janeiro de 2020, 18h11

PSDB vira piada e comemora engajamento nas redes

Partido tem sido motivo de deboche por tentar uma linguagem jovem e descolada nas redes para reconquistar um eleitorado relevante

Foto: Reprodução

O PSDB tem voltado a ser assunto, mas não por ter um candidato relevante ou alguma proposta real. É por causa de um perfil engraçadinho de Twitter, que comemora engajamentos e retuítes, mesmo que sejam tirando sarro do triste fim que levou o partido que já presidiu o país.

Os responsáveis pelo perfil, um cientista político de 28 anos, Vítor de Almeida Diniz, e um jornalista e filósofo de 40 anos,  Fabiano Lana, numa equipe com mais 4 pessoas, dizem ser uma escolha pensada para dar mais visibilidade ao partido, que vem decaindo desde a derrota de Geraldo Alckmin em 2018, que ficou em quarto lugar nas eleições presidenciais.

A postagem sobre o documentário Democracia em Vertigem foi a que mais rendeu interações nas redes nos últimos dias: a sigla passou o dia nos Trending Topics, entre elogios e tiração de sarro.

“O partido participou intensamente do impeachment, como é que ia ficar calado? A linguagem pode ser mais informal, mais descoladinha, mas o conteúdo é o que o PSDB defende”, disse Vítor Diniz ao BuzzFeed News.

O lacre em rede social pode soar bem para adolescentes e marcas como Netflix, mas para um partido que teve relevância um dia, é apenas triste.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum