Queima filme: Boris Johnson “esconde” encontro com Bolsonaro de suas redes sociais

Primeiro-ministro do Reino Unido divulgou fotos com Biden, Kamala Harris e com o premiê dos Países Baixos, mas preferiu não divulgar reunião com o presidente "não vacinado"

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, “escondeu” o encontro que teve com Jair Bolsonaro de suas redes sociais.

O presidente brasileiro e o premiê britânico tiveram reunião, no âmbito da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA), na última segunda-feira (20). Na ocasião, Johnson constrangeu Bolsonaro ao recomendar ao mandatário que ele tomasse vacina contra a Covid. O chefe do Executivo do Brasil é o único entre os chefes de Estado do G-20 que não se imunizou contra a doença do coronavírus.

Johnson não postou fotos do encontro com Bolsonaro em nenhum de seus perfis nas redes (Instagram, Twitter e Facebook). Por outro lado, fez questão de divulgar imagens de encontros que teve com o presidente dos EUA, Joe Biden, com a vice-presidenta do país, Kamala Harris, com o primeiro-ministro dos Países Baixos, Mark Rutte, e com o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison.

Boris Johnson não postou foto com Bolsonaro no Instagram, mas divulgou imagens de outros encontros em NY (Reprodução)

Nesta quarta-feira (22), boa parte da mídia do Reino Unido tem repercutido o fato de que o ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Queiroga, esteve na reunião com Johnson e Bolsonaro um dia antes de testar positivo para a Covid-19. Queiroga, inclusive, chegou a apertar a mão do primeiro-ministro.

A imprensa britânica também tem tratado Bolsonaro como negacionista. O The Guardian, por exemplo, ao noticiar a reunião entre Johnson e o mandatário brasileiro, se referiu a Bolsonaro como “presidente não vacinado que nega o coronavírus”.

Já a BBC chegou a fazer uma matéria de checagem para desmentir inúmeros pontos do discurso de Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, nesta terça-feira (21).

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR