Renan Bolsonaro diz que tem pai de criação homossexual e negro; veja vídeo

Para mostrar que não é homofóbico nem racista, o filho 04 de Bolsonaro disse: “meu pai botou (o pai de criação) dentro da minha casa, da nossa casa pra cuidar de mim”

Para dizer que não é racista e nem homofóbico, Jair Renan Bolsonaro, o filho 04 de Jair Bolsonaro, postou um vídeo em suas redes sociais onde afirma que tem um pai de criação homossexual e negro.

“Domingo é aniversário do meu pai de criação. Ele é homossexual negro. Meu pai botou dentro da minha casa, da nossa casa pra cuidar de mim. No domingo é aniversário dele e vocês vão saber”, disse Renan.

No domingo (20), o filho de Bolsonaro postou a homenagem em seu Instagram:

“Marcelo, ao longo desses anos todos, você tem sido um grande amigo para mim. Você me ensinou muito, especialmente a como me tornar uma boa pessoa. Sua empatia e seu carinho são contagiantes, e eu serei eternamente grato a Deus por tê-lo colocado em nosso caminho. Que neste aniversário seu coração possa transbordar com o dobro da felicidade que você trouxe para nossa família! Obrigado por tudo! Parabéns! Felicidades…”, escreveu.

Notícias relacionadas:

Com 500 mil mortos, Renan Bolsonaro vai à balada: “vida é curta”; veja vídeos

Secretaria de Esporte do DF se nega a informar entrada e saída de Jair Renan Bolsonaro nas suas dependências

Vídeo: Renan Bolsonaro cospe na cara da mãe que tenta negar o ato diante da repercussão

Publicidade

“Troco playstation por fuzil”: Renan Bolsonaro aparece dançando funk em vídeo no TikTok

A mensagem foi curtida por Léo Índio e, logo a seguir, por Cristina Bolsonaro, mãe de Renan, que escreveu: “Verdade meu filho ele e um presente em nossas vidas”.

Publicidade
Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR