Trump compartilha entrevista de Allan dos Santos e Twitter emite alerta sobre fake news

Allan dos Santos fugiu para os EUA após ser acusado de comandar a milícia digital que propagava fake news e discurso de ódio pró-Bolsonaro nas redes

O Twitter colocou um alerta de fake news em um tuíte em que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, compartilha uma entrevista do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos ao programa One America News Network, que repercute teses da extrema-direita.

A publicação de Trump foi feita às 22h42 desta sexta-feira (20). Doze minutos depois, Allan dos Santos comentou, pedindo para Trump continuar “lutando pela liberdade”.

Foragido nos Estados Unidos após ser acusado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de comandar a milícia digital que propagava fake news e discurso de ódio nas redes, Allan dos Santos reproduziu na entrevista, sem apresentar provas, as mesmas teorias da conspiração disseminadas por apoiadores de Donald Trump.

O blogueiro disse que uma das empresas que produz máquinas de contagem de votos, Smartmatic, é controlada por um membro do conselho da Open Society Foundations, Mark Malloch-Brown, criada pelo bilionário filantropo George Soros, alvo frequente de ataques da direita radical.

A teoria é a mesma já defendida por Rudolph Giuliani, advogado de Trump, que também ataca a empresa Dominion, responsável pelos softwares de máquinas de contagem de votos. A tese também foi repetida por Allan dos Santos na entrevista.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.