Veio da Havan tem chilique com contas derrubadas das redes sociais pelo STF: “Absurdo completo”

"Se postei algo ofensivo a alguém, que me processem. Não pode é derrubar a conta. É uma afronta à liberdade de expressão", teria dito Luciano Hang ao constatar que os perfis foram suspensos

Luciano Hang, o veio da Havan, teria tido um chilique após saber que as suas contas no Twitter, Facebook e Instagram foram derrubadas por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento no inquérito que investiga a milícia digital bolsonarista por propagação de ódio e fake news nas redes.

Leia também: Twitter suspende contas de bolsonaristas após decisão de Alexandre de Moraes

“Se postei algo ofensivo a alguém, que me processem. Não pode é derrubar a conta. É uma afronta à liberdade de expressão. Um absurdo completo”, disse, segundo o site Antagonista.

Íntimo de Jair Bolsonaro, Havan é acusado de ser um dos principais articuladores para financiamento das ações do grupo criminoso, que seria comandado pelo blogueiro Allan dos Santos, nas redes.

“Me incluíram no meio disso, o que não tem nada a ver. Se vc ler o processo, supostamente alguém falou que eu financiei. Não tem prova nenhuma”, teria dito Hang.

Além do empresário bolsonarista e Allan dos Santos, outros blogueiros ligados à milícia tiveram as contas suspensas. O perfil do presidente do PTB, Roberto Jefferson, que aderiu ao bolsonarismo e propaga mensagens de ódio no Twitter também foi suspenso.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR