Veja ignora “Lula”, de Fernando Morais, mas livro vai pra lista dos mais vendidos da revista

Biografia do ex-presidente está disparada em vendas. O próprio escritor comentou o feito em suas redes; veja aqui

De acordo com o escritor Fernando Morais, a revista Veja não deu uma linha a respeito do primeiro volume da sua recém lançada biografia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Nem pra insultar”, escreveu o escritor.

A revista, no entanto, teve que engolir nesta semana o livro “Lula”, de Morais, em primeiro lugar na sua lista dos mais vendidos na categoria “Não ficção”.

O próprio publicou o feito em suas redes sociais: “Mas entramos na revista pela porta da frente: primeiro lugar na lista de mais vendidos. Tomaram na tarra”. Veja abaixo:

Dez anos de trabalho

O escritor Fernando Morais acompanha o presidente o ex-presidente desde 2011, quando teve “acesso direto, franco e frequente a Lula”.

“A essas dezenas de horas de depoimentos, somou o fato de o repórter e a prosa cativante para compor o projeto biográfico que traz um painel do personagem em toda a sua grandeza e complexidade”, informa o material de divulgação da Cia das Letras.

Morais optou por uma narrativa que faz uso de recuos e avanços cronológicos para dar um “ritmo eletrizante”.

O volume da biografia de Lula passa pela infância, as graves do ABC, a fundação do PT e a primeira campanha eleitoral”.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.