segunda-feira, 26 out 2020
Publicidade

Vídeo: casal bolsonarista queima livro de Paulo Coelho na churrasqueira: “fala mal do Brasil”

No vídeo, compartilhado pelo próprio escritor, o sujeito que joga as páginas de “Veronika decide morrer” ao fogo, tem um bigodinho parecido com o de Hitler

Um casal resolveu comprar um livro do escritor Paulo Coelho para queimar na churrasqueira. O vídeo, compartilhado pelo próprio escritor, na madrugada desta terça-feira (29), mostra a mulher mais exaltada rasgando as páginas de um exemplar novo em folha de “Veronika decide morrer” e dando para o marido.

O sujeito, com um bigode parecido com o do ditador alemão Adolf Hitler, conforme observação do escritor, joga as páginas na churrasqueira.

Enquanto queima o exemplar, a mulher avisa que este já é o décimo livro de Paulo Coelho que ela queima.

“Não. Primeiro compraram, depois queimaram. E o bigodinho do cara não deixa esconder a origem da ideia…”

Boicote

Paulo Coelho, que foi preso e torturado durante a ditadura, é um grande crítico do governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). Em setembro, o escritor virou alvo da milícia digital bolsonarista após escrever e apagar um tuíte em que prega o “boicote às exportações brasileiras ou o taleban cristão controlará o país”.

A mensagem foi publicada e apagada, mas foi “printada” por bolsonaristas que iniciaram uma campanha nas redes contra o escritor levando o nome Paulo Coelho aos assuntos mais comentados no Twitter na ocasião.

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.