Zé Trovão desafia Alexandre de Moraes a ir prendê-lo na Paulista

Caminhoneiro bolsonarista disse ainda que “20 mil policiais da reserva” e “todas as academias de luta do Brasil” estarão no local “para garantir a ordem e a disciplina”

O caminhoneiro Zé Trovão, que está com mandado de prisão expedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, por incitação a atos golpistas, avisou que estará na Paulista e desafiou o ministro a ir lá prendê-lo.

“Eu até convidei o Alexandre de Moraes, se ele quiser ele vai lá na Paulista me prender. Eu vou dar um microfone pra ele falar um pouquinho. Quem sabe você não convence o povo brasileiro que você está certo em suas ações. Eu tô mais ou menos igual aquele filme ‘Prenda-me se for capaz’. Dia 7 eu me entrego pra você uai, não sou frouxo não”, disse em live com o blogueiro Oswaldo Eustáquio, na noite deste domingo (5).

“Estão falando que assim que eu chegar na Paulista eles vão me desossar. Já estão prontos pra me pegar”, afirmou fazendo uma série de desafios e reafirmando sua macheza: “aqui troca roda de carreta na beira de pista com a chave de roda na mão, viu?”

Em discurso afinado com o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), o caminhoneiro também evocou o artigo 5º da Constituição Federal para convocar para os atos golpistas de 7 de Setembro. Além disso, Zé Trovão ameaçou:

“Só mais um recado, nós vamos ter mais de 20 mil policiais da reserva, policiais à paisana, só na Paulista, fora em Brasília. Esses homens estão indo lá pra manter a ordem e a disciplina. Nós vamos ter todas as academias de luta do Brasil, que estão indo pros movimentos”, disse. Zé trovão completou ainda que, “se você é baderneiro e gosta de quebrar vidraças, cuidado pra você não dar um tapa na pessoa errada, porque se você fizer isso, você vai ser desfiado igual peito de frango depois de cozinhar, então se cuide. Ninguém quer violência, mas não venha com violência pro lado do povo brasileiro”, completou.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.