Imprensa livre e independente
10 de julho de 2019, 13h21

#ReformaInjusta atinge topo dos assuntos do Twitter em tarde de votação da Previdência

Pouco antes da abertura da sessão que pretende votar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, a hashtag #ReformaInjusta chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter

Foto: Reprodução/Twitter José Guimarães
Pouco antes da abertura da sessão que pretende votar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, a hashtag #ReformaInjusta chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter, com críticas à proposta apresentada pelo governo e aprovada na Comissão Especial da Câmara. Entre as mensagens publicadas na rede social, críticas aos termos da reforma e a compra de votos na reforma da Previdência. O Brasil não gerou empregos depois da reforma trabalhista. A economia não cresceu com a PEC do Teto. Por que a situação seria diferente com o desmonte da Previdência? #ReformaInjusta https://t.co/9xLNTt7XbG — Que reforma é essa?...

Pouco antes da abertura da sessão que pretende votar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, a hashtag #ReformaInjusta chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter, com críticas à proposta apresentada pelo governo e aprovada na Comissão Especial da Câmara.

Entre as mensagens publicadas na rede social, críticas aos termos da reforma e a compra de votos na reforma da Previdência.

https://twitter.com/jandira_feghali/status/114895319121784832

Veja também:  "Só reforça o que falamos", diz defesa de Lula sobre diretor da Odebrecht coagido pela Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum