Imprensa livre e independente
10 de julho de 2019, 19h16

Repórter de afiliada do SBT decide deixar programa após comentário racista de apresentador

Em comunicado compartilhado nas redes sociais, Rafael Martins, que também é deputado estadual, afirmou que “nunca se sentiu tão constrangido e desconfortável”

Foto: Reprodução/YouTube
O repórter Rafael Martins, que trabalhava no “Alterosa Alerta”, da TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, divulgou uma nota, nesta quarta-feira (10), para comunicar sua decisão de deixar o programa. Ele tomou a iniciativa depois de um comentário racista do apresentador Stanley Gusman. No comunicado compartilhado nas redes sociais, Martins, que também é deputado estadual, afirmou que “nunca se sentiu tão constrangido e desconfortável” e que a decisão irrevogável é uma “clara manifestação de solidariedade a todos que se sentiram ofendidos pela declaração”. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo....

O repórter Rafael Martins, que trabalhava no “Alterosa Alerta”, da TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, divulgou uma nota, nesta quarta-feira (10), para comunicar sua decisão de deixar o programa. Ele tomou a iniciativa depois de um comentário racista do apresentador Stanley Gusman.

No comunicado compartilhado nas redes sociais, Martins, que também é deputado estadual, afirmou que “nunca se sentiu tão constrangido e desconfortável” e que a decisão irrevogável é uma “clara manifestação de solidariedade a todos que se sentiram ofendidos pela declaração”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Monte branco”

Gusman fez um comentário racista ao vivo e constrangeu a todos, inclusive o repórter. O apresentador se referiu ao presidente do instituto Ibope, Carlos Augusto Montenegro, usando um trocadilho, no mínimo, infeliz: “O dono do Ibope se chama Montenegro. Se ele fosse do bem, ia chamar ‘monte branco’”.

Visivelmente constrangido, Martins reagiu com uma frase: “Nossa mãe”, disse o repórter.

Veja abaixo a íntegra da nota de Rafael Martins:

Veja também:  Haddad sobre novas denúncias da Vaza Jato: "Hoje, finalmente, entendi o conceito de “terrivelmente evangélico”

Venho a público me manifestar na condição de jornalista e deputado estadual eleito por Minas Gerais. Em 18 anos de carreira na televisão, nunca me senti tão constrangido e desconfortável como na edição desta terça feira, 09, do Alterosa Alerta, exibido na TV Alterosa, afiliada do SBT.

Afirmações racistas, ainda que em tom jocoso, devem ser repudiadas com veemência por todos aqueles que defendem uma sociedade inclusiva, na qual os direitos alcancem indistintamente os cidadãos. E eu me encontro entre esses.

Em função das declarações do APRESENTADOR Stanley Gusman, DECIDI DEIXAR O PROGRAMA ALTEROSA ALERTA no qual atuava como repórter há quase quatro anos. Essa decisão irrevogável é uma clara manifestação de solidariedade a todos os que se sentiram ofendidos pela declaração, entre os quais eu me incluo.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum