PANDEMIA NÃO ACABOU

Mortes por Covid-19 sobem mais de 45% em São Paulo; período coincide com fim da emergência sanitária

Média diária registrou um crescimento de 4,3% após o feriado de Tiradentes e o carnaval fora de época, entre os dias 24 e 30 de abril

Vírus coronavírus Sars-cov-2 covid-19 OMSCréditos: Reprodução
Escrito en SAÚDE el

O número de mortes por Covid-19 no estado de São Paulo voltou a subir para mais de 45% entre os dias 24 e 30 de abril -  mesmo período que governo de Jair Bolsonaro decidiu pelo fim da emergência sanitária.  O número de casos e internações pela doença também subiu neste mesmo período.  

A média diária de registrou um crescimento de 4,3% após o feriado de Tiradentes e o carnaval fora de época . As internações por Covid-19 no estado de São Paulo também subiram 10,4%, passando de 155 para 177 em uma semana.

No caso das internações, este é o segundo aumento seguido, já que na semana anterior ao carnaval, o número de internações havia subido 6%. No momento, o estado de São Paulo  tem 448 pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em tratamento de Covid-19, contra 453 na semana passada.

O número de óbitos também aumentou com uma média móvel diária de mortes no Estado de aproximadamente 22 para 32 entre a semana dos dias 17 a 23 e a última de abril - os patamares ainda são considerados baixos, se comparados com o início do ano, quando houve o surto da variante Ômicron e a média estava acima de cem. 

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Luiz Carlos Zamarco afirmou que o número de atendimento com pessoas com suspeita de covid-19 tem ficado com média diária de 150 pessoas. 

Segundo ele, em  relação ao número de casos notificados foram observados nos últimos três dias acréscimo de 5.6% em relação a semana anterior, por conta dos exames feitos nas farmácias. 

"Houve aumento de número de casos, mas sem repercussão com quadros de agravamento nos atendimentos das nossas unidades de saúde e nos pedidos de internação", disse Zamarco. 

"Esse aumento pode ser reflexo do carnaval. Começamos a monitorar isso nesta semana, mas sem quadros de agravamento", esclareceu. 

Aumento de casos no país

Nesta quarta-feira (4), a Fiocruz divulgou um alerta de aumento nos casos de síndrome respiratória aguda grave em 14 estados, nas últimas quatro semanas.

Segundo o  levantamento da Fiocruz, os casos, que antes estavam subindo apenas entre as crianças, agora também avançam na população adulta. Essa mudança na faixa etária, segundo o  boletim Inforipe, é um indício de que os casos de Covid podem estar aumentando de novo.

 

Com informações do G1