CEGUEIRA FACIAL

Novo sintoma bizarro da covid surpreende pesquisadores

Manifestação rara ainda não tinha sido conectada com o coronavírus

Prosopagnosia.Condição rara e curiosa está associada a desenvolvimento de covid longaCréditos: Kristian Niemi/CC-BY-SA 3.0
Escrito en SAÚDE el

Cientistas da Universidade de Dartmouth, em Nova Hampshire, nos EUA, relataram um bizarro novo sintoma da covid-19. O registro, publicado na revista científica Cortex surpreendeu os pesquisadores.

Uma mulher de 28 anos de idade que pegou o novo coronavírus em março de 2020 e apresentou sintomas normais da doença, como febre, tosse, diarreia e falta de ar. Contudo, após algumas semanas, passou a apresentar "cegueira facial".

O nome técnico da condição é prosopagnosia. O paciente com o sintoma perde a capacidade de identificar rostos de pessoas conhecidas.

A paciente, de nome Annie, relatou ter sentido a gravidade da doença em uma festa, quando não conseguiu reconhecer seu pai.

"Era como se a voz de meu pai tivesse saído do rosto de um estranho", contou ela em relato aos médicos. Outros testes mostraram que Annie também teve problemas para se localizar em locais conhecidos.

“A combinação de prosopagnosia e déficit de navegação que Annie apresentou é algo que chamou nossa atenção, porque os dois problemas geralmente aparecem juntos de danos cerebrais ou de desenvolvimento", afirmou o líder da pesquisa no paper. 

“Sabemos que a covid-19 pode causar sintomas diversos, mas aqui estamos vendo problemas graves e altamente específicos na paciente. Isso sugere que podem existir muitas outras pessoas com problemas específicos após a contaminação", completou.

O caso de Annie foi o primeiro, mas os pesquisadores estimam que outros casos de prosopagnosia podem ter ocorrido entre pacientes de covid-19.

Outros estudos afirmam que o vírus pode estar relacionado com o aumento de doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson e acidentes vasculares cerebrais isquêmicos. 

Entre 10% e 20% dos infectados pela covid-19 tiveram sintomas de covid-19 longa, que está associada ao desenvolvimento de problemas neurológicos e transtornos mentais, segundo a OMS.

A prosopagnosia afeta 2% da população mundial e existem diversas celebridades diagnosticadas com o transtorno, como Brad Pitt, Stephen Fry e Steve Wozniak.