Imprensa livre e independente
27 de julho de 2016, 15h11

Sérgio Moro vai ao Congresso no mesmo dia de votação do impeachment

O juiz federal participará de audiência pública na Comissão Especial da Câmara dos Deputados de Combate à Corrupção no dia 4 de agosto, data marcada para a votação do processo de afastamento de Dilma na Comissão do Senado Por Redação O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato, vai comparecer a uma audiência pública na Comissão Especial de Combate à Corrupção da Câmara dos Deputados no dia 4 de agosto, mesma data em que a Comissão do Impeachment no Senado vai votar o relatório que pode pedir o afastamento definitivo da presidenta eleita Dilma Rousseff. Apesar de não...

O juiz federal participará de audiência pública na Comissão Especial da Câmara dos Deputados de Combate à Corrupção no dia 4 de agosto, data marcada para a votação do processo de afastamento de Dilma na Comissão do Senado

Por Redação

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato, vai comparecer a uma audiência pública na Comissão Especial de Combate à Corrupção da Câmara dos Deputados no dia 4 de agosto, mesma data em que a Comissão do Impeachment no Senado vai votar o relatório que pode pedir o afastamento definitivo da presidenta eleita Dilma Rousseff.

Apesar de não ir ao Congresso Nacional discutir o impeachment de Dilma, Moro já extrapolou algumas vezes sua função de juiz federal para atuar contra Dilma ao divulgar grampos ilegais de uma conversa de Dilma e Lula, conforme disse o próprio ministro do Supremo Teori Zavascki em março deste ano.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

 

Veja também:  “Todos erramos. Errar é uma característica humana”, diz Marcelo Bretas no Twitter

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum