Imprensa livre e independente
17 de janeiro de 2018, 12h27

Simão Pedro Chiovetti: “Febre amarela revela o descaso e o despreparo de Alckmin e Temer”

Não adianta os governos Alckmim e Temer afirmarem que não há falta de vacina. Ao que parece fica evidente que algo não está bem esclarecido.

Não adianta os governos Alckmim e Temer afirmarem que não há falta de vacina. Ao que parece fica evidente que algo não está bem esclarecido. Por Simão Pedro Chiovetti* Há três meses publiquei um post em que cobrava de Temer, Alckmin e Doria que informassem à população sobre a real situação da febre amarela na capital e no estado. Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais. De lá pra cá, infelizmente, o quadro piorou de tal maneira que tudo leva a crer que os governos estadual e federal perderam o controle...

Não adianta os governos Alckmim e Temer afirmarem que não há falta de vacina. Ao que parece fica evidente que algo não está bem esclarecido.

Por Simão Pedro Chiovetti*

Há três meses publiquei um post em que cobrava de Temer, Alckmin e Doria que informassem à população sobre a real situação da febre amarela na capital e no estado.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

De lá pra cá, infelizmente, o quadro piorou de tal maneira que tudo leva a crer que os governos estadual e federal perderam o controle sobre a expansão da doença. Eu mesmo tomei conhecimento da morte provocada pela febre amarela num curto espaço de tempo, de dois conhecidos moradores da zona leste, o pai do Nonô, presidente da Associação Comercial de São Miguel Paulista, e o comerciante Careca, da Careca’s Autopeças de Itaquera. Ambos passaram por chácaras em Mairiporã.

Hoje, a Organização Mundial da Saúde incluiu todo o estado de São Paulo como área de risco da febre amarela. O órgão da ONU alerta para que todos os habitantes ou os que viajem para cá tomem a vacina como forma de prevenção à doença.

Veja também:  Em maio, engenheiros e Defesa Civil já alertavam sobre risco de rompimento de barragem na Bahia

Porém, Alckmim decidiu absurdamente que apenas 522 dos 645 municípios do estado fossem atendidos com a vacinação. Ou seja mais de 100 cidades ficarão de fora. Mesmo assim, as vacinas serão aplicadas gradualmente e não de uma vez.

Ou seja, não adianta os governos Alckmim e Temer afirmarem que não há falta de vacina. Ao que parece fica evidente que algo não está bem esclarecido. Além disso, é preciso que a secretaria estadual e o Ministério da Saúde apresentem publicamente quais são os planos para prevenção, vacinação e de atendimento médico sobre a febre amarela.

Enquanto isso não ocorrer, a população paulista fica a cada dia mais à mercê de uma doença de maior gravidade do que a dengue e a zika. Basta de brincarem com vidas humanas!

*Simão Pedro Chiovetti (foto) é mestre em Sociologia Política. Foi deputado estadual e secretário de Serviços do ex-prefeito Fernando Haddad

Foto: Clarice Castro/GERJ/Fotos Públicas

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum