Imprensa livre e independente
04 de junho de 2018, 14h53

STF estuda abrir investigação contra procurador da Lava Jato

Alvo é Carlos Fernando dos Santos Lima, que fez duras críticas ao Tribunal; alguns ministros da Corte consideram que a corregedoria do Ministério Público Federal não tomará providências

Foto: Reprodução/Facebook de Carlos Fernando dos Santos Lima O Supremo Tribunal Federal (STF) pode passar a investigar um dos procuradores da Operação Lava Jato. Trata-se de Carlos Fernando dos Santos Lima, que fez duras críticas a ministros do Tribunal, de acordo com informações da jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo. Alguns integrantes da Corte acreditam que a corregedoria do Ministério Público Federal não tomará providências. O fato de o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) enviar um processo disciplinar contra o procurador à corregedoria do Ministério Público Federal (MPF) despertou o STF. Esse processo analisava,...

Foto: Reprodução/Facebook de Carlos Fernando dos Santos Lima

O Supremo Tribunal Federal (STF) pode passar a investigar um dos procuradores da Operação Lava Jato. Trata-se de Carlos Fernando dos Santos Lima, que fez duras críticas a ministros do Tribunal, de acordo com informações da jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo. Alguns integrantes da Corte acreditam que a corregedoria do Ministério Público Federal não tomará providências.

O fato de o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) enviar um processo disciplinar contra o procurador à corregedoria do Ministério Público Federal (MPF) despertou o STF. Esse processo analisava, entre outros aspectos, críticas feitas pelo procurador a magistrados da Corte, que alguns deles consideram ofensivas.

Lima se manifestou depois que o STF retirou trechos da delação da Odebrecht sobre Lula das mãos de Sergio Moro: “O que acontece hoje é o esperneio da velha ordem. A pergunta que devemos fazer é qual o motivo pelo qual precisam sacrificar o bom nome do tribunal. Fica claro que há um conflito entre uma nova Justiça e o velho sistema de impunidade dos poderosos”. Alguns ministros encararam a crítica como uma acusação de prevaricação.

Veja também:  No Twitter, Moro diz que Vaza Jato é "campanha contra Lava Jato e a favor da corrupção"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum