Imprensa livre e independente
20 de junho de 2019, 08h26

STF pode adiar julgamento de suspeição de Moro nos processos da Lava Jato

A decisão só deve ser tomada no dia e por todos os cinco ministros da 2ª turma

Foto: Pedro França/Agência Senado
De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, por conta da grande pressão, o STF (Supremo Tribunal Federal) pode adiar o julgamento, marcado para a terça-feira (25), sobre a suspeição do ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro nos processos da Lava Jato. A decisão só deve ser tomada no dia, e por todos os cinco ministros da 2ª turma, que julgará o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Um dos argumentos dos advogados de Lula é o fato de Moro ter conversado com emissários do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) para integrar o governo dele quando ainda...

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, por conta da grande pressão, o STF (Supremo Tribunal Federal) pode adiar o julgamento, marcado para a terça-feira (25), sobre a suspeição do ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro nos processos da Lava Jato.

A decisão só deve ser tomada no dia, e por todos os cinco ministros da 2ª turma, que julgará o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Um dos argumentos dos advogados de Lula é o fato de Moro ter conversado com emissários do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) para integrar o governo dele quando ainda era juiz.

O fato curioso é que o habeas corpus foi apresentado ao STF antes do escândalo das mensagens de Moro com os procuradores da Lava Jato, revelado pelo site The Intercept Brasil.

 

Veja também:  Homem espalha panfletos oferecendo ex-esposa para programas sexuais

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum