Imprensa livre e independente
16 de janeiro de 2018, 22h47

Sturm e assessora dão entrevista à Folha e sinalizam acordo após denúncia

Secretário de Cultura da gestão Doria deu uma entrevista exclusiva para a Folha em que tenta se defender da acusação de assédio contra uma assessora contida em um diálogo gravado que vazou nas redes sociais. À Fórum, assessoria da secretaria prometeu posicionamento oficial mas, por mais de um dia, não deu retorno Por Redação O secretário de Cultura da prefeitura de São Paulo, André Sturm, disse nesta terça-feira (16), em entrevista exclusiva à Folha de S. Paulo, que foi vítima de “chantagem” de alguém de sua pasta. Fórum revelou, na noite desta quinta-feira (15), a existência de uma gravação que...

Secretário de Cultura da gestão Doria deu uma entrevista exclusiva para a Folha em que tenta se defender da acusação de assédio contra uma assessora contida em um diálogo gravado que vazou nas redes sociais. À Fórum, assessoria da secretaria prometeu posicionamento oficial mas, por mais de um dia, não deu retorno

Por Redação

O secretário de Cultura da prefeitura de São Paulo, André Sturm, disse nesta terça-feira (16), em entrevista exclusiva à Folha de S. Paulo, que foi vítima de “chantagem” de alguém de sua pasta. Fórum revelou, na noite desta quinta-feira (15), a existência de uma gravação que estava circulando nas redes de um diálogo entre ele e a assessora de dança da secretaria, Lara Pinheiro, em que ela o acusa de assédio sexual.

No diálogo, Lara questiona Sturm se ele pretendia a demitir pelo fato de ela não ter tido relação sexual com ele quando foram, teoricamente a trabalho, para o Canadá. Na ocasião, o secretário reservou apenas um quarto de hotel e custeou, do próprio bolso, as passagens aéreas. Os outros custos, segundo ele, foram divididos.

Veja também:  Oito deputados do PDT, incluindo Tabata, votaram a favor da reforma da Previdência de Bolsonaro

Desde a noite de segunda-feira que Fórum tenta obter um posicionamento do secretário ou uma nota da secretaria sobre o caso. Foram feitos contatos via e-mail e telefone e a assessoria de imprensa da pasta seguiu, ao longo do dia, prometendo uma nota ou alguma palavra de Sturm, o que não aconteceu até a publicação desta matéria.

À Folha de S. Paulo, no entanto, Sturm negou as acusações de assédio sexual e disse que foi vítima de uma chantagem, pois alguém da pasta teria deixado um bilhete em seu nome pedindo para que ele demitisse duas outras assessoras, se não o áudio em questão seria divulgado. Segundo ele, sua relação com Lara já vinha sendo desgastada por motivos profissionais, e que ela teria levado a possibilidade de ser demitida para o “lado pessoal”.

Sobre a reserva de um único quarto de hotel, o secretário afirmou que é uma pessoa “que não sabe usar a internet” e que, provavelmente, tenha ocorrido algum erro na hora de fazer a reserva. Por isso, segundo ele, não foram reservados dois quartos separados

Veja também:  Dallagnol é escrachado em anúncio de palestra sobre "a luta contra a corrupção"

A assessora Lara Pinheiro, por sua vez, também falou à Folha e informou que não pretende formalizar uma denúncia ou representação contra o secretário, sinalizando que ambos entraram em um acordo para que sua saída não terminasse em um processo judicial. Ela permanece trabalhando na pasta até o próximo dia 31.

Ouça o áudio abaixo.

Tocador de vídeo

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum