#Bravura

05 de dezembro de 2018, 15h37

Bolsonaro pediu medalha ao Exército em 2012 como prova de que não é racista; entrega ocorreu hoje

"Nós requeremos essa medalha quando começou a avolumar acusações que eu seria racista e o soldado Celso, todo mundo vê é um afrodescendente e fui atrás dele e arrisquei minha vida dessa mesma forma", disse o presidente eleito, ao receber a Medalha do Pacificador com Palma.