#capitalismo

19 de agosto de 2019, 21h54

A estúpida lentidão da história

Valerio Arcary: “É mais do que claro que só é possível acabar com a pobreza, se derrotarmos o capitalismo. Essa luta só pode ser vitoriosa com a unidade dos trabalhadores”


01 de agosto de 2019, 19h22

“Marxismo cultural”: a pós-verdade no palco da crise mundial capitalista (II)

Yuri Martins Fontes: “Tanto o cientificismo, como seu falso antípoda, o pós-modernismo, não passam hoje de pensamentos superados nos meios do saber que respeitam a vida e levam o conhecimento humano a sério


05 de julho de 2019, 17h34

Pelo fim da centralidade do trabalho

Marcelo Hailer: “Apenas em uma sociedade do lazer/saber é que podemos construir o caminho para superar o ódio às diferenças e pôr fim à sociedade de classes, calcada na hierarquia social, racial e sexual”


13 de maio de 2019, 20h03

13 de maio, a abolição inconclusa e a consolidação do Estado capitalista racista

Dennis de Oliveira, no Blog Quilombo, diz: “Ao ver as práticas políticas do governo Bolsonaro percebe-se de forma aberta este DNA racista do Estado brasileiro”


13 de maio de 2019, 19h17

Quando acabou a escravidão?

Raphael Fagundes: “O dia da abolição também serve para refletirmos sobre os abusos do capital, abusos similares aos da escravidão”


04 de abril de 2019, 23h02

É o genocídio, estúpido!

“Bolsonaro e seus asseclas criam e executam ações de governo para semear, diuturnamente, a morte aos milhares e ‘fechar’ as contas para a ‘economia’ da Nação”, diz Marcos Danhoni


25 de março de 2019, 21h56

O socialismo salvou o mundo do fascismo uma vez e agora precisa salvá-lo novamente

“Todos que não concordam com a ascensão da extrema direita, com a intolerância que isso representa, precisam imediatamente pensar no socialismo, pois sem este o que nos restará será apenas a barbárie”, diz Raphael Fagundes


14 de março de 2019, 06h00

Marielle e Anderson, corpos matáveis: “The dark side of the capitalism”

No Blog Quilombo, Dennis de Oliveira diz: “A execução de corpos matáveis, como o de Marielle, Anderson e outros que ousam contestar essa ordem, é a expressão de um poder que necessita ser exercido sem qualquer limite normativo”


11 de março de 2019, 17h59

A doença do capitalismo

Marcelo Hailer, em novo texto para a Fórum: “O Estado de São Paulo, governado há 26 anos pelo PSDB, está em calamidade pública por conta da forte chuva que caiu. O governo tucano corre para dizer que a culpa é da chuva, mas sabemos que não é”


16 de setembro de 2018, 21h07

Dez teses sobre a decadência do capitalismo periférico brasileiro

O capitalismo brasileiro não está somente atravessando uma crise econômica, como tantas outras do passado. O Brasil se transformou muito nos últimos trinta anos. Mas o capitalismo brasileiro entrou em decadência.


20 de julho de 2018, 21h43

Quem é o monstro: Dr. Bumbum ou a Medicina capitalista?

Até que ponto o capitalismo deve mover os interesses da medicina? O Dr. Bumbum, mais do que uma ficha corrida, revela os caminhos tortuosos e equivocados que algumas áreas como a Saúde têm seguido a partir de decisões políticas em conluio com os conglomerados


12 de julho de 2018, 13h21

Daniel Trevisan Samways: “O neoliberalismo autoritário”

A História nos ensina que os povos sempre se insubordinam e se rebelam, por mais violenta que seja a repressão. Mas também nos mostra que governos autoritários, por mais longevos que possam ser, não duram para sempre. Não será diferente com o neoliberalismo


24 de junho de 2018, 09h52

Capitalismo e democracia: incompatibilidade de gênios

O futuro da democracia é não-homem, não-branco e não hétero-normativo. O capitalismo, este velho senhor hoje tão bem representado por Donald Trump, prepara o próprio velório ao tocar fogo nas instituições que o sustentaram ao longo das últimas sete décadas


21 de junho de 2018, 20h44

O vexame dos brasileiros na Rússia e a falta de humanismo na educação

O comportamento dos brasileiros que postaram os vídeos bombásticos que chamaram a atenção de muita gente não é apenas uma manifestação de machismo, mas uma consequência do tipo de educação proeminente no Brasil nos últimos 20 anos


06 de maio de 2018, 10h40

Marx, o incendiário

Marx incendiou a imaginação de gerações com uma aposta no projeto anticapitalista de uma transição consciente para uma sociedade em que seremos, socialmente, iguais; humanamente, diferentes e, totalmente, livres. Esse Marx, o incendiário, é imortal