#colonialismo

06 de agosto de 2015, 13h26

Letramento racial: o caso Fernanda Lima e as babás negras

O problema é usar um exemplo que supostamente respeita a alteridade de outrem para destacar o quanto uma patroa branca é boazinha, velho artifício colonial-português de instituir uma “escravidão branda”. É reiterar o lugar de poder da herdeira da casa grande e o lugar de subalternidade e aquiescência daquelas que tiveram suas antepassadas escravizadas


19 de março de 2011, 11h00

“Fazer andar outra vez o fluxo da história”

“Fazer andar outra vez o fluxo da história” Ahmet Davutoglu, Al-Jazeera, Qatar, Tradução: Vila Vudu 16/3/2010 Ministro Ahmet Davutoglu, presidente Lula e ministro Celso Amorim, 14-6-2010 A onda de revoluções no mundo árabe foi espontânea. Mas, ao mesmo tempo, tinha de acontecer. As revoluções eram necessárias para restaurar o fluxo natural da história. Em nossa […]