#cultura afrobras

12 de julho de 2015, 13h37

Este Brasil de miséria não existe mais, é deste Brasil que a direita tem saudades

Aruanda: os 50 anos de um filme clássico Por LUIZ ZANIN, em seu blog 27/12/2010 | 14:14 JOÃO PESSOA/PARAÍBA “Como eu fui burro! Como eu fui burro!”. É o que teria dito o jovem Glauber Rocha ao conhecer Aruanda, o seminal documentário de Linduarte Noronha, filme que está comemorando 50 anos de existência. Anos bem […]