#“Filho de Prostituta”

10 de dezembro de 2018, 12h52

Com história comovente de superação, Sil Azevedo lança o livro “Filho de Prostituta”

Coletânea de poemas escritos secretamente, dos 15 aos 42 anos, busca tornar público a solidão, autonegação e sofrimento vividos pela premiada cineasta de Japeri, homossexual, negra e de origem humilde