#filme

29 de novembro de 2017, 17h04

Gravação de filme em São Paulo é suspensa após denúncia de estupro

Uma camareira da equipe de filmagem do filme “A Volta”, que está sendo gravado no interior de São Paulo, acusa um dos atores, Thogun Teixeira, de ter a estuprado no banheiro de seu quarto de hotel. Caso está sob investigação da Delegacia da Mulher Por Redação Em suas últimas diárias, a gravação do filme “A […]


26 de novembro de 2017, 10h57

“Vazante” é o filme do Brasil aos pedaços

Daniela Thomas fez o filme do ano. “Vazante” expressa o incômodo de um país que não se encaixa em si mesmo. Uma fita que tem a escravidão como ambiente e as diferenças – classe, gênero e etnia – como motor narrativo. Por Gilberto Maringoni* “Vazante” começa arrastado e lerdo. Não tem trilha musical e exibe […]


19 de novembro de 2017, 16h48

Blade Runner 2049, tréplica triste

A réplica rebelde ao Humanismo oferecida pelas criaturas do “Blade Runner” original recebem uma tréplica confusa e conservadora na sequência “Blade Runner 2049”. Leia na coluna de Tomaz Amorim Por Tomaz Amorim* AVISO: Contém revelações do enredo do filme Se não é fácil fazer a sequência de um grande filme, menos ainda de um clássico […]


13 de novembro de 2017, 22h15

O futuro das ruínas em “Era uma vez Brasília”, por Alan Campos

Antes da exibição do longa em competição, Era Uma Vez Brasília (Adirley Queirós, 2017), a décima edição do Janela Internacional de Cinema no Recife sabiamente acertou ao exibir o curta apocalíptico Vacancy (Matthias Muller, 1999). A obra retira quase que por completo a presença humana de suas imagens de arquivo, restando uma cidade fantasma que, […]


11 de novembro de 2017, 14h57

A América Latina sem esperança de Lucrecia Martel

por Cesar Castanha Numa casa afastada, cenário de O pântano (dir. Lucrécia Martel, 2001), Momi (Sofia Bertolotto), uma garota adolescente se arrasta entre sussurros apelando pelo afeto de Isabel (Andrea López), uma jovem que trabalha em sua casa. Ela está quase sempre de maiô e seus cabelos têm uma textura oleosa, de algo mal-lavado, o […]


09 de novembro de 2017, 20h28

O azul de “Boas Maneiras”, por Alan Campos

É notável a presença marcante da cor azul na primeira parte de As Boas Maneiras (dir. Juliana Rojas e Marco Dutra, 2017). Azul bebê, azul quarto de criança, azul cor de meias e roupas infantis, azul calmante. Entretanto, tal azul muitas vezes surge em tons mais escuros. Azul marinho, azul enquanto uma noite fria, azul […]


09 de novembro de 2017, 13h57

Charlie Sheen é acusado de estuprar um ator mirim de 11 anos

Abuso sexual teria acontecido durante as gravações de “Lucas” (1986), onde Sheen, na época com 19 anos, contracenou com Corey Haim, então um ator mirim.


08 de novembro de 2017, 17h20

Reconfigurações neorrealistas em “O Matador de Ovelhas”, por Alan Campos

O segundo dia do X Janela Internacional de Cinema do Recife começou com a exibição de O Matador de Ovelhas (dir. Charles Burnett, 1977), esse sendo parte da mostra L.A Rebellion. Fortemente enraizado em preceitos do neorrealismo italiano – simplicidade estética, locações reais, desejo por histórias reais, cenas, no geral, desdramatizadas – e interessado pelas […]


04 de novembro de 2017, 17h26

Um espaço entre dois quartos em “Me Chame pelo Seu Nome”

por Cesar Castanha “Eu tenho uma ideia — eu ouso dizer erroneamente — que você se sente mais em casa comigo em um quarto.” “Um quarto?”, ela ecoou, perdidamente surpresa. “Sim. Ou, pelo menos, em um jardim, ou em uma estrada. Nunca em um verdadeiro campo como este.” A room with a view – E. […]


24 de outubro de 2017, 22h18

Divulgação de filme de Gentili é alvo de investigação do MP paulista

Inquérito analisa as peças de divulgação do filme, que omitem a classificação indicativa com a frase “O pior aluno da escola nunca verifica a classificação indicativa”. Obra faz piada com pedofilia e bullying Por Redação O Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito, no último dia 11 (a investigação foi revelada nesta terça-feira, 24, […]


24 de outubro de 2017, 10h05

O fascinante “The Clock”, de Christian Marclay, está em São Paulo

Um filme com 24 horas de duração, que se repete. Uma réplica cinematográfica do dia. Cada minuto aparece marcado em um relógio em cena, às vezes sutil, às vezes central. Cada minuto é uma cena retirada de um outro filme. O tempo do filme está sincronizado com o horário oficial do lugar de exibição. 1440 minutos retirados de centenas de filmes montados em uma mega videoinstalação. Isso é The Clock (O relógio), obra do suíço-americano Christian Marclay. Leia mais na coluna de Tomaz Amorim


05 de outubro de 2017, 13h17

Xuxa dispara sobre filme: ‘Querem me chamar de pedófila, chamem’. Assista

Apresentadora desabafou em vídeo sobre “Amor, Estranho Amor” (1982), onde, quando com 18 anos, apareceu em uma cena ‘quente’ com um menino de 12 anos Da Redação Nos últimos dias, a apresentadora Xuxa Meneghel foi alvo de críticas de José Luiz Datena e de pessoas nas redes sociais. Isso porque, a rainha dos baixinhos rebateu […]


19 de setembro de 2017, 22h38

A imagem que se esgota em “Mãe!”

por Cesar Castanha Em um pôster do filme Mãe!, o material de divulgação alude ao cartaz do filme O bebê de Rosemary (dir. Roman Polanski, 1968), com o rosto de Jennifer Lawrence deitado, transparente, ao modo do de Mia Farrow no outro. A referência é ambiciosa e um convite à expectativa. É também uma estratégia […]


14 de setembro de 2017, 22h22

O moralismo cristão de “Bingo”, por Martim Barros

  Na obra “Cinema brasileiro: Propostas para uma História”, há um momento em que Jean-Claude Bernardet faz um mapeamento da abordagem crítica da produção cinematográfica nacional até os anos setenta. Havia uma tendência muito forte dos jornalistas avaliarem os filmes brasileiros de acordo com parâmetros de qualidade baseados na produção europeia e, sobretudo, norte-americana. Eram […]


11 de setembro de 2017, 13h26

Ex-amante de doleiro Youssef quer processar filme da Lava Jato

Caso ganhe, Nelma Kodama, que foi a primeira pessoa presa na operação, pretende doar o dinheiro para a creche Casa da Criança Higino Penasso, Mato Grosso, que leva o nome do seu avô.