Jânio Quadros

  • Collor, Jânio e o “é casado, tem filhos?”

    Em campanhas eleitorais quando o calo aperta é comum aparecem os salvadores da pátria com ideias que parecem geniais, mas que em geral estão mais para estúpidas. Há vários exemplos de peças que maracaram época e que entraram para a história das trapalhadas do marketing. Regina Duarte, por exemplo, virou a “eu tenho medo” em […]

  • Como o PSDB se tornou a nova UDN

    A UDN, como o PSDB hoje, representava o interesse do chamado 1%. Era a direita, não a civilizada de países como a França e a Inglaterra, mas a direita predadora típica da América do Sul

  • De proibição em proibição

    Proliferação de medidas proibitivas tornou-se arma político-eleitoral de setores conservadores e agrada parte da sociedade brasileira

  • O fenômeno Russomanno

    Desde os anos 1940 candidatos como Ademar de Barros e Jânio Quadros mantiveram uma corrente que podemos chamar apenas por falta de um conceito melhor como “direita popular”