#Lamine Diack

05 de julho de 2019, 11h11

Popov e Bubka negam ter aceitado suborno para votar pelo Rio como sede dos jogos de 2016

Os dois ex-atletas usaram suas redes sociais para desmentir as declarações do ex-governador Sérgio Cabral, que disse à Justiça ter pagado propina de 2 milhões de dólares para comprar votos para a eleição do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos em 2016


05 de setembro de 2017, 08h50

PF apura compra de votos para eleger Rio-2016. Casa de Nuzman tem mandato de busca

O MPF pediu o bloqueio de até R$ 1 bilhão do patrimônio de Nuzman, presidente do COB; do empresário Arthur Cesar Soares de Menezes Filho, o "Rei Arthur"; e de Eliane Pereira Cavalcante, ex-sócia do empresário.