#Mais Médicos

14 de dezembro de 2018, 08h47

Três mil médicos selecionados para substituir cubanos ainda não se apresentaram; prazo termina hoje

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, parte dos mais de 4.000 médicos brasileiros que já se apresentaram no trabalho pode deixar os cargos a partir de março, quando começam as residências médicas do país.


11 de dezembro de 2018, 12h44

A quatro dias do prazo, nem metade dos inscritos no Mais Médicos se apresentaram

O prazo termina na próxima sexta-feira


06 de dezembro de 2018, 10h17

Queremos um Estado ou um não-Estado?

Nós, da esquerda, também, precisamos entender esta relação ambígua com o Estado


05 de dezembro de 2018, 19h01

Médica que vaiou cubanos chefiará Mais Médicos em 2019

Alexandre Padilha disse que a escolha aponta para uma "mentalidade que pensa na população inserida na Saúde Pública como privilégio"


04 de dezembro de 2018, 15h07

Funcionária do Conasems orienta gestores do Mais Médicos a não aceitarem “qualquer lixo”

O “qualquer lixo” a que ela se refere são gestantes, idosos e médicos com problemas legais


04 de dezembro de 2018, 11h10

Novos contratados do Mais Médicos na Grande São Paulo evitam bairros afastados

Um dos candidatos disse: "o ideal seria ter mais vagas alocadas na região central. Seria mais fácil”


04 de dezembro de 2018, 09h49

Ministro de Bolsonaro diz que a solução para o Mais Médicos está distante da realidade

Luiz Henrique Mandetta diz que o problema pode ser "o preenchimento de vagas nas áreas de difícil provimento, que muito provavelmente não serão ocupadas”


03 de dezembro de 2018, 22h59

População de pequena cidade na Bahia faz carreata para se despedir de médico cubano

Ramon Reyes, médico cubano do programa Mais Médicos que atendia há cinco anos no distrito de Batinga, na Bahia, foi homenageado pela população local neste domingo (2) pouco antes de deixar o país por conta das ameaças de Jair Bolsonaro; assista


03 de dezembro de 2018, 07h20

Presidente do México negocia com Cuba para levar médicos que atuavam no Brasil

Obrador, que assumiu a Presidência no sábado (1), pretende fazer uma adaptação mexicana do Mais Médicos, programa que envolveu cerca de 15 mil especialistas cubanos designados para 1,6 mil municípios em algumas das áreas de mais difícil acesso do Brasil.


29 de novembro de 2018, 09h09

Médicos trocam postos do SUS pelo Mais Médicos e ameaçam desorganização do sistema

Nos estados contatados, 58% das vagas preenchidas foram ocupadas por médicos que já atuavam na atenção básica do SUS


29 de novembro de 2018, 08h38

Regiões afastadas do Pará não conseguem preencher vagas dos cubanos no Mais Médicos

Regiões afastadas dos centros urbanos, como o Baixo Amazonas e a ilha do Marajó, tiveram número de inscrições bem abaixo do total. Cidades como Aveiro, Trairão, Curuá, Faro, Santa Cruz do Arari e Curralinho não tiveram preenchimento de vaga alguma


28 de novembro de 2018, 20h39

Menos de 10% dos aprovados no edital do Mais Médicos aparecem para trabalhar

O caso da cidade de Cosmópolis, no interior de São Paulo, é emblemático, pois dos sete médicos brasileiros aprovados, apenas três estão disponíveis; outros três desistiram antes mesmo de “tomar posse”, além de um que não se apresentou


27 de novembro de 2018, 14h14

Governo cubano desmente Bolsonaro e diz que não foi procurado para discutir Mais Médicos

Em sua coluna Notas Internacionais, a socióloga Ana Prestes traz os destaques do dia. Além dos Mais Médicos, ela aponta a recusa da equipe de transição de Bolsonaro em visitar à China negando convite do Partido Comunista Chinês


26 de novembro de 2018, 09h12

Pelo menos 285 cidades e 36 distritos indígenas estão sem médico após fim da parceria com Cuba

Segundo o Conselho das secretarias de Saúde, o estado com mais municípios nessa situação é o Rio Grande do Sul, com 92 cidades. Em seguida vêm São Paulo, com 43, Paraná, com 26, Minas Gerais, com 23, e Santa Catarina, com 21.


25 de novembro de 2018, 16h28

Bolsonaro contraria ministro sobre revalida para brasileiros e compara à OAB: “não dá pra formar boys de luxo”

Em entrevista no jornal O Globo deste domingo (25), Mandetta alegou que, “no mundo inteiro”, depois do término da escola, o médico volta em cinco anos para uma recertificação. “No Brasil, não existe nada. Vale o seguinte: “Toma o diploma e vá ao mundo”