#palavrão

17 de julho de 2018, 19h31

Tributo ao palavrão

Charles Carmo escreve: “É necessário xingar para manter a alma sadia, livre de mágoas. Mas não basta dizê-los. É imperativo que se pronuncie a imoralidade de peito aberto”