#Pelourinho

07 de agosto de 2019, 21h09

Multidão se reúne no Pelourinho e promove “Lulaço”

Homenagem ocorreu no dia em que a maioria dos ministros do STF decidiu suspender a decisão da Justiça, que havia determinado a transferência do ex-presidente


04 de julho de 2018, 13h29

Copa do Mundo e festa de caboclos na Bahia

Em novo texto, Rodrigo Perez Oliveira escreve: “Nas ruas do Pelourinho, o casal de Caboclos passava, semeando a esperança no coração de gente tão sofrida. E no bar, ao meu lado, bem pertinho, a cabocla, com sua inteligência política prática, me ensinava a acreditar no improvável”


22 de fevereiro de 2014, 23h26

OAB-BA repudia a infame afirmação de Mauro Ricardo sobre volta do Pelourinho

Ontem este blogue produziu uma nota registrando a declaração do ex-secretário de Finanças de Mauro Ricardo de Serra e Kassab e atualmente da Fazenda de ACM Neto numa entrevista a um programa de rádio em Salvador. Ao ser indagado sobre a inadimplência na cidade, Mauro Ricardo disse: “antigamente se botava as pessoas no pelourinho pra […]


17 de agosto de 2012, 17h09

“A gente não quer só comida, quer diversão e arte”

Estive em Salvador no início de agosto e, a convite de dois antigos amigos meus de lá, o Léo Ornellas e o Valdir Estrela, fui ver o “Sarau Bem Black”, evento em que escritores, poetas, músicos e outros praticantes da arte negros apresentam seus trabalhos no Bar Sankofa, no Pelourinho, todas as quartas-feiras à noite. […]


17 de agosto de 2012, 14h17

“A gente não quer só comida, quer diversão e arte”

Escritores de periferia, além dos saraus, constroem sistemas independentes de publicação e venda, numa tentativa guerrilheira de furar o bloqueio das indústrias editoriais que praticamente ignoram esta experiência


11 de junho de 2010, 00h17

Lula: “Não queremos apenas colorir os prédios para tirar fotografia”

“Não queremos respeitar a aparência, queremos respeitar a dignidade do povo pobre que mora no Pelourinho, em Salvador” Lula. Quando de fato os patrimônios históricos são recuperados, com raríssimas exceções, seus antigos habitantes– geralmente o povo mais pobre ocupante dessas áreas antes deterioradas–, são expulsos e, no seu lugar, bares, lojas, bancos e outras instituições […]