#política

09 de dezembro de 2018, 21h29

Bolsonaro já é um jacaré sem dentes

Bolsonaro já teve que disfarçar antes mesmo de tomar posse. Se tornou uma bolsa de jacaré. Alguém sem força pra ditar regras.


08 de dezembro de 2018, 13h58

Haddad venceria eleição se dados do Coaf vazassem quando Bolsonaro ficou sabendo deles

Agora, seu governo já começa manco, porque foi atingido no coração do seu sistema, o discurso do combate à corrupção


07 de dezembro de 2018, 10h04

O Brasil chega a 2019 entre 64 e 68

A cada dia que passa fica mais claro que o impeachment de Dilma foi, com todas as relativizações possíveis, 1961. Que a eleição de Bolsonaro foi 1964. E que o projeto dos militares que assumem o poder em 1 de janeiro é o de nos levar em uns dois anos a 1968, criando um novo AI-5.


06 de dezembro de 2018, 15h51

O paradoxo e a insensatez

Em novo artigo, professor José Luis Fiori analisa a conjuntura política e econômica do Brasil a partir do golpe que levou a ex-presidenta Dilma Rousseff ao impeachment


04 de dezembro de 2018, 19h50

Diferente de Felipão, Tite diz que recusaria encontro da Seleção Brasileira com Bolsonaro

Dois dias após o presidente eleito ter participado da entrega do troféu do Campeonato Brasileiro ao Palmeiras, o técnicofoi perguntado se aceitaria um encontro parecido com Bolsonaro caso a Seleção Brasileira conquiste algum título; "Não, minha atividade não se mistura", disse


03 de dezembro de 2018, 15h31

Alarme do Ciberespaço! Tempo Real destruirá a Democracia

A vitória de Bolsonaro foi um dos laboratórios da corrosão da representação política pelo tempo real. E agora, os protestos dos “coletes amarelos” na França promete que essa engenharia será global


03 de dezembro de 2018, 07h49

Toffoli diz que há “judicialização da política” e que, passada a eleição, “é hora do Judiciário se recolher”

Para ministro, casos como a atuação da Lava Jato, o golpe parlamentar que destituiu a presidenta eleita Dilma Rousseff (PT) e a prisão do ex-presidente Lula, levou o Supremo a se tornar "o fio condutor da estabilidade".


02 de dezembro de 2018, 11h51

O reinado de Paulo Guedes nem começou e já pode estar chegando ao fim

Guedes já é aquele posto Ipiranga que tinha total confiança do chefe. E pode estar com seus dias de superministro contados.


25 de novembro de 2018, 14h37

A volta do efeito Orlloff: Em seis meses a Argentina foi demolida

Nas décadas de 80 e 90 usava-se o termo efeito Orlloff, cuja frase ícone de uma propaganda era "Eu sou você amanhã", para explicar que o FMI, Banco Mundial e outras instituições usavam sempre nossos vizinhos como laboratório pra implementar a mesma política econômica por aqui.


21 de novembro de 2018, 10h37

Vinicius Sartorato: A política exterior de Bolsonaro é puramente ideológica e trará problemas ao país

Como um “pombo sobre um tabuleiro de xadrez”, antes mesmo de assumir o governo, Bolsonaro e seus ministros, já criaram desgastes com a ONU, ONGs internacionais, com países árabes, os cubanos, os noruegueses e nossos vizinhos do Mercosul. O auge desse processo, foi visto no rompimento de Cuba, com o programa Mais Médicos.


20 de novembro de 2018, 13h57

O espírito do FSM reencarna no Fórum da Clacso e pode ser ponto de inflexão nas lutas latino-americanas

Naquele ano quem se deslocou para a capital gaúcha não tinha muito ideia do que ia ver ou viver. E foi tocado por uma instigante sensação de que mesmo vivendo dias duros, ainda éramos muitos e não tínhamos o direito de desistir. O período deste 2018 é muito semelhante ao de 2001.


17 de novembro de 2018, 20h07

Crise no Mais Médicos tem potencial pra demolir popularidade de Bolsonaro

Se vier a ser derrotado pela sua estupidez neste episódio, terá muita dificuldade pra se recuperar em curto espaço de tempo. Na saúde tudo é demorado.


16 de novembro de 2018, 09h33

Qual o significado da patética indicação para chefiar o Itamaraty?

Se há um lugar que não era necessário levar a bizarrice ao extremo era o Itamaraty. E se até lá prevaleceu essa lógica, imaginem no resto


09 de novembro de 2018, 14h40

Samuel Pinheiro Guimarães: Dois Projetos para o Brasil ​​

Dois projetos para o Brasil se confrontam desde 1930, se alternaram no Poder desde então, se confrontaram no dia 28 de outubro de 2018 e continuarão a se confrontar após o dia 28, data em que Jair Bolsonaro foi eleito Presidente da República


06 de novembro de 2018, 20h58

O que é uma análise de conjuntura?

Valerio Arcary: “Análise de conjuntura é um tipo de investigação interdisciplinar difícil. Parece que é algo parecido com tocar violão. Não é complicado tocar mal. Aprende-se fácil e, até rapidamente, alguns acordes. Mas dizem os musicistas que é um dos instrumentos mais complicados de tocar bem”