##SeEleEstivesseArmado

16 de janeiro de 2019, 16h47

E #SeEleEstivesseArmado ? Tag reúne casos de violência que poderiam terminar em tragédia

Um dia após o decreto assinado por Bolsonaro que facilita a posse de arma de fogo, internautas se mobilizaram para fazer um alerta dos riscos através de casos concretos que vão desde violência doméstica, passando por brigas de trânsito, tentativas de suicídio à homofobia. "Se meu marido tivesse posse de arma, eu estaria morta". Confira