#Sepé Tiarajú

08 de fevereiro de 2019, 17h08

Sepé Tiarajú, 263 anos depois, segue presente e necessário na luta dos povos

O índio guarani merece o justo reconhecimento como um dos grandes nomes da humanidade quando refletimos a respeito da resistência permanente dos povos contra o imperialismo