#Sistema fechado

10 de outubro de 2011, 13h13

A morte de Steve Jobs, inimigo número um da colaboração

Por Rodrigo Savazoni: Steve Jobs morreu e não se fala em outra coisa. Adulado em vida por sua genialidade, é alçado ao status de ídolo maior da era digital. Mas há outros aspectos a explorar. Jobs era o inimigo número um da colaboração, o aspecto político e econômico mais importante da revolução digital. Nesse sentido, não era um revolucionário, mas um contra-revolucionário. O melhor deles.