Imprensa livre e independente
08 de julho de 2019, 10h19

Tarja preta esconde lagosta no prato de Bolsonaro

A embaixada de Israel não divulgou o motivo da mudança na foto para esconder o que eles estavam comendo

Foto: Reprodução?Twitter
O perfil da embaixada de Israel no Twitter tampou com uma tarja preta o que tinha nos pratos de Jair Bolsonaro e do embaixador Yossi Shelley, que almoçaram juntos, neste domingo (8), em Brasília. A embaixada não divulgou o motivo da mudança na foto para esconder o que eles estavam comendo. No entanto, vários internautas identificaram que ambos almoçaram lagosta. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo O Twitter da embaixada postou o seguinte texto junto à foto adulterada: “Antes da final da Copa América entre Brasil e Peru, o...

O perfil da embaixada de Israel no Twitter tampou com uma tarja preta o que tinha nos pratos de Jair Bolsonaro e do embaixador Yossi Shelley, que almoçaram juntos, neste domingo (8), em Brasília.

A embaixada não divulgou o motivo da mudança na foto para esconder o que eles estavam comendo. No entanto, vários internautas identificaram que ambos almoçaram lagosta.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

O Twitter da embaixada postou o seguinte texto junto à foto adulterada: “Antes da final da Copa América entre Brasil e Peru, o presidente Jair Bolsonaro e o embaixador Yossi almoçaram juntos em Brasília. Eles irão acompanhar a partida desejando sorte para a seleção brasileira em busca de mais um título. Vai Brasil!!”.

Veja também:  Movimento negro denuncia Bolsonaro à Comissão de Direitos Humanos da OEA

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum