Imprensa livre e independente
27 de janeiro de 2018, 10h57

TCE condena contrato de R$ 930 milhões em valores de hoje entre Serra e Alstom

Decisão diz que a Lei das Licitações estabelece que um contrato vale por cinco anos; por esse entendimento, o Metrô usou um contrato que vencera em 1997 para fazer compras dez anos depois.

Decisão diz que a Lei das Licitações estabelece que um contrato vale por cinco anos; por esse entendimento, o Metrô usou um contrato que vencera em 1997 para fazer compras dez anos depois. Da Redação* A compra de 16 trens da Alstom pelo Metrô de São Paulo em 2007, durante o governo de José Serra, foi considerada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Os 16 trens custaram cerca de R$ 500 milhões em valores de 2007, o equivalente hoje a R$ 930 milhões. A decisão diz que a Lei das Licitações estabelece que um contrato vale por cinco anos....

Decisão diz que a Lei das Licitações estabelece que um contrato vale por cinco anos; por esse entendimento, o Metrô usou um contrato que vencera em 1997 para fazer compras dez anos depois.

Da Redação*

A compra de 16 trens da Alstom pelo Metrô de São Paulo em 2007, durante o governo de José Serra, foi considerada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Os 16 trens custaram cerca de R$ 500 milhões em valores de 2007, o equivalente hoje a R$ 930 milhões. A decisão diz que a Lei das Licitações estabelece que um contrato vale por cinco anos. Por esse entendimento, o Metrô usou um contrato que vencera em 1997 para fazer compras dez anos depois.

Nenhum executivo do Metrô foi responsabilizado pelas irregularidades. Em 2015, o conselheiro Renato Martins Costa, que havia julgado o contrato, condenara dois executivos do Metrô: Sergio Avelleda, diretor de assuntos corporativos da companhia em 2007 e atual secretário de Transportes do prefeito João Doria (PSDB), e Conrado Grava de Souza, diretor de operações à época.

Veja também:  Site de direita usa perito da bolinha de papel de Serra para desqualificar áudios da Vaza Jato

*Com informações da Folha de S.Paulo e do Brasil 247

Foto: Reprodução

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum