GUERRA ÀS DROGAS

México: retrato de um país desamparado

31/8/2011 | Por Eric Nepomuceno: Em 2012 haverá eleições presidenciais no México. E todos apostam na volta do PRI. O fim do regime de partido único foi breve, foi frágil, foi decepcionante. E, com Calderón, deixa um rastro de pelo menos 40 mil mortos, numa espiral de violência sem fim. O que aconteceu em Monterrey foi muito mais do que um acerto de contas entre os cartéis do narcotráfico e os controladores de cassinos que se negam a se deixar extorquir. Foi um retrato cruel e sangrento do cotidiano vivido por um país desamparado. O artigo é de Eric Nepomuceno.

Brasil, um país de encarcerados

29/6/2018 | Um dos mais respeitados cientistas sociais do país, Ignácio Cano defende a descriminalização de todas as drogas e uma mudança da lei que pune pretos e pobres

Ver más noticias