ÓLEO

Manchas de petróleo reaparecem nas praias do Ceará após dois meses

30/12/2019 | Segundo Rivelino Cavalcante, professor do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará (UFC), o reaparecimento do material é preocupante. "Já era para ele [o óleo] estar mais decomposto, no nível de micropartículas, ou até no nível molecular, no tamanho que não seria visto tão fácil a olho nu"

Ver más noticias