Imprensa livre e independente
09 de dezembro de 2018, 12h32

The Guardian: Com a escolha de Damares, Bolsonaro extingue os direitos humanos

Jornal britânico publica matéria sobre a escolha da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos: “Ela se opõe ao aborto e acredita que as mulheres nasceram para serem mães”

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil Por GGN O jornal The Guardian repercutiu a nomeação da pastora Damares Alves para ser a titular do Ministério dos Direitos Humanos turbinado com a pasta de Mulheres e a Funai. Na visão do jornal estrangeiro, o “presidente eleito de extrema direita” Jair Bolsonaro praticamente “aboliu” os Direitos Humanos como é atualmente para dar lugar a uma visão “conservadora” da família e valores morais no setor. “O plano, anunciado na quinta-feira, provocou protestos de grupos feministas, ativistas indígenas e ativistas LGBT, que temem que isso indique que os direitos humanos serão rebaixados sob o novo governo”, apontou...

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Por GGN

O jornal The Guardian repercutiu a nomeação da pastora Damares Alves para ser a titular do Ministério dos Direitos Humanos turbinado com a pasta de Mulheres e a Funai. Na visão do jornal estrangeiro, o “presidente eleito de extrema direita” Jair Bolsonaro praticamente “aboliu” os Direitos Humanos como é atualmente para dar lugar a uma visão “conservadora” da família e valores morais no setor.

“O plano, anunciado na quinta-feira, provocou protestos de grupos feministas, ativistas indígenas e ativistas LGBT, que temem que isso indique que os direitos humanos serão rebaixados sob o novo governo”, apontou o jornal.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Ela se opõe ao aborto – ilegal no Brasil na maioria dos casos – acredita que as mulheres nasceram para serem mães e disse que planeja trabalhar para as pessoas ‘invisíveis’ na sociedade, como ciganos e mulheres que cortam cana-de-açúcar e usam borracha”. Guardian destacou a frase dita por Damares em 2016, sobre ser a “hora de a igreja governar”.

Veja também:  Rompimento de barragem no interior da Bahia deixou 150 famílias desabrigadas e afetou outras 500

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum