Imprensa livre e independente
20 de setembro de 2018, 18h24

TRF-4 vai julgar pedidos para gravar imagens e entrevistar Lula só após o primeiro turno

A Oitava Turma é composta pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus, os mesmos que confirmaram a condenação do ex-presidente no processo do triplex

Foto: Ricardo Stuckert O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), por meio de sua Oitava Turma, vai julgar no dia 10 de outubro, ou seja, depois do primeiro turno das eleições, solicitações para que o ex-presidente Lula (PT) possa ser entrevistado e que sejam permitidas gravações com ele, na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. As ações foram apresentadas quando Lula ainda era candidato do PT, de acordo com informações de Nathan Lopes, do UOL. Os recursos são do fotógrafo de Lula, Ricardo Stuckert; do PT e do próprio Lula. A Oitava Turma é composta pelos...

Foto: Ricardo Stuckert

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), por meio de sua Oitava Turma, vai julgar no dia 10 de outubro, ou seja, depois do primeiro turno das eleições, solicitações para que o ex-presidente Lula (PT) possa ser entrevistado e que sejam permitidas gravações com ele, na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. As ações foram apresentadas quando Lula ainda era candidato do PT, de acordo com informações de Nathan Lopes, do UOL.

Os recursos são do fotógrafo de Lula, Ricardo Stuckert; do PT e do próprio Lula. A Oitava Turma é composta pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus, os mesmos que confirmaram a condenação de Lula no processo do triplex de Guarujá.

Os advogados de Lula solicitam que a Justiça libere a “realização de sabatinas e entrevistas na Superintendência”. Já o Stuckert, fotógrafo que acompanha o ex-presidente há 16 anos, quer entrar na PF para uma entrevista e fazer registros em imagem de Lula.

Veja também:  Future-se: o novo requentado

Adiamento

Sergio Moro decidiu adiar o interrogatório de Lula, alegando que as imagens poderiam ser usadas com fins eleitorais. O depoimento do ex-presidente está previsto para o dia 14 de novembro, somente depois do segundo turno.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum