Imprensa livre e independente
04 de setembro de 2018, 21h26

“Tudo começou quando ganhamos a eleição em 2014”, diz Haddad, em propaganda eleitoral

Candidato a vice-presidente na coligação "O povo feliz de novo", o ex-prefeito de São Paulo falou sobre as conquistas dos governos do PT e disse que a coligação vai lutar até o fim pelo direito de Lula participar do pleito

O candidato à vice-presidência da coligação “O povo feliz de novo” (PT/PCdoB/Pros), Fernando Haddad, disse, durante a propaganda eleitoral na TV, na noite desta terça-feira (4), que toda a perseguição ao ex-presidente e a grave crise institucional que o país atravessa tiveram início após o último pleito. “Tudo começou quando ganhamos a eleição de 2014”, afirmou. “O Temer traiu a Dilma, uma mulher honesta, e se juntou ao PSDB para tomar o poder, com apoio da grande mídia e espalharam o ódio entre as pessoas. E isso foi só o começo. Enquanto perseguem o Lula, o governo Temer destrói o...

O candidato à vice-presidência da coligação “O povo feliz de novo” (PT/PCdoB/Pros), Fernando Haddad, disse, durante a propaganda eleitoral na TV, na noite desta terça-feira (4), que toda a perseguição ao ex-presidente e a grave crise institucional que o país atravessa tiveram início após o último pleito. “Tudo começou quando ganhamos a eleição de 2014”, afirmou.

“O Temer traiu a Dilma, uma mulher honesta, e se juntou ao PSDB para tomar o poder, com apoio da grande mídia e espalharam o ódio entre as pessoas. E isso foi só o começo. Enquanto perseguem o Lula, o governo Temer destrói o país”, destacou.

No início da propaganda da coligação, Haddad lembrou que como advogado de Lula pode dizer que ele é vítima de um processo injusto. “Até a ONU, organização mais importante do mundo, defende o direito de Lula ser candidato à presidência. Infelizmente, na contramão dessa decisão, o TSE cassou seu registro.”

Em seguida, o programa veiculou um áudio de Lula, dizendo que é preciso acreditar no povo brasileiro. Assista:

Ajude a financiar a cobertura da Fórum nas eleições 2018. Clique aqui e saiba mais.

Veja também:  Quadro do Fantástico, da Globo, ironiza Eduardo Bolsonaro em hit "papai, eu quero uma embaixada"

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum