Imprensa livre e independente
03 de março de 2019, 09h26

Vai-Vai homenageia Marielle Franco em enredo sobre as lutas do povo negro

A Vai-vai ainda levou para a avenida 23 convidados de destaque pelo ativismo na luta pelos direitos dos negros, como a filosofa e escritora Djamilla Ribeiro e a deputada estadual Érica Malunguinho (PSOL)

Homenagem a Marielle feita pela Vai-Vai (Reprodução/TV Globo)
Em enredo sobre as lutas do povo negro e o que chamou de “quilombo do futuro”, a Vai-Vai, maior campeã do carnaval de São Paulo, fez uma homenagem emocionante na madrugada deste domingo (2) à vereadora Marielle Franco (PSol/RJ) assassinada covardemente há um ano no Rio de Janeiro. A rica herança dos povos africanos foi exaltada em todo o primeiro setor da escola, que levou à avenida o enredo “Quilombo do futuro”. Um segundo setor aberto por um carro alegórico lembrava a diáspora negra e a travessia do Atlântico. No fundo desse carro, uma escultura de Iemanjá acalentava uma criança...

Em enredo sobre as lutas do povo negro e o que chamou de “quilombo do futuro”, a Vai-Vai, maior campeã do carnaval de São Paulo, fez uma homenagem emocionante na madrugada deste domingo (2) à vereadora Marielle Franco (PSol/RJ) assassinada covardemente há um ano no Rio de Janeiro.

A rica herança dos povos africanos foi exaltada em todo o primeiro setor da escola, que levou à avenida o enredo “Quilombo do futuro”.

Um segundo setor aberto por um carro alegórico lembrava a diáspora negra e a travessia do Atlântico. No fundo desse carro, uma escultura de Iemanjá acalentava uma criança negra.

Nessa fase do desfile, foi lembrada a luta negra por direitos civis. Uma ala formou um mosaico com uma foto de Marielle.

Destaques
Anielle Franco e Luyara Santos, irmã e filha de Marielle Franco, assassinada em Março de 2018, foram destaques do desfile da Vai-Vai.

“O samba falava muito da Marielle e sobre o que ela significou para a gente enquanto viveu e, agora, com o legado que deixou. Ainda estou em êxtase”, disse Anielle.

Veja também:  Ford demite 750 funcionários da fábrica de São Bernardo nos próximos dias

Além de Luyara e Anielle, um dos carros alegóricos da Vai-vai contou com 23 convidados que são expoentes e de destaque em seus respectivos segmentos de trabalho ou ativismo na luta pelos direitos dos negros, como a filosofa e escritora Djamilla Ribeiro e a deputada estadual Érica Malunguinho (PSOL).

Confira o samba enredo

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum