Imprensa livre e independente
26 de março de 2019, 18h42

“Valentão de colégio” e “Acéfalo”: O dia que Renato Cinco calou Carlos Bolsonaro

Poderia ter sido hoje, mas foi em 2014: Renato Cinco (PSOL), no plenário da Câmara dos Vereadores do Rio, disparou contra o saudosismo da família Bolsonaro com relação à ditadura militar e ainda sugeriu que Carlos Bolsonaro teria atração por pessoas do mesmo sexo: "Freud explica". Assista

Reprodução
Diante da orientação recente de Jair Bolsonaro para que os militares comemorem o aniversário do golpe de 1964 que instituiu a ditadura no Brasil, voltou a circular nas redes, nesta terça-feira (26), um vídeo de 2014 que mostra o vereador Renato Cinco (PSOL) disparando contra o vereador Carlos Bolsonaro (PSC). No plenário da Câmara municipal do Rio de Janeiro, Cinco denunciou o “discurso daquele machão troglodita”, em referência à Bolsonaro, citando o episódio em que o então deputado federal afirmou que não estupraria Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece”. Enquanto Cinco condena a atitude de Bolsonaro, Carlos, o...

Diante da orientação recente de Jair Bolsonaro para que os militares comemorem o aniversário do golpe de 1964 que instituiu a ditadura no Brasil, voltou a circular nas redes, nesta terça-feira (26), um vídeo de 2014 que mostra o vereador Renato Cinco (PSOL) disparando contra o vereador Carlos Bolsonaro (PSC).

No plenário da Câmara municipal do Rio de Janeiro, Cinco denunciou o “discurso daquele machão troglodita”, em referência à Bolsonaro, citando o episódio em que o então deputado federal afirmou que não estupraria Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece”.

Enquanto Cinco condena a atitude de Bolsonaro, Carlos, o filho, tenta se aproximar do psolista, que dispara: “Não tem capacidade intelectual e quando é desafiado reage com truculência. Tipo o vereador Carlos Bolsonaro agora agindo igual um valentão de colégio na minha direção, para tentar me intimidar. Você vai fazer o quê? Veio admirar minha beleza? Se o senhor é contra a homossexualidade, veio admirar minha beleza por que? Freud tá com razão, Freud explica sua homofobia”.

Veja também:  Confirmado o pagamento de R$ 30 mil a Dallagnol por palestra no Ceará

O vereador do PSOL prossegue denunciando, ainda, o saudosismo da família Bolsonaro com relação à ditadura militar.

“Essa briga entre direita e esquerda no Brasil é uma briga, basicamente, entre quem estuda contra quem é troglodita, brucutu, que se comporta dessa maneira. Coisa de gente acéfala, que não consegue fazer debate político, que defende a ditadura militar. O que eu vou esperar de alguém assim?”.

Assista.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum