Imprensa livre e independente
18 de junho de 2019, 19h42

Vaza Jato: Moro buscou blindar FHC na Lava Jato pois “apoio” do tucano seria “importante”

Lava Jato "fingiu" investigar FHC para passar sensação de imparcialidade, mas Moro reclamou de denúncia por poder ser um "apoio importante".

Foto: PSDB
Em nova reportagem do The Intercept Brasil sobre o Vaza Jato, o ex-juiz federal Sérgio Moro aparece em conversas tentando blindar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso das investigações do Ministério Público Federal para garantir o apoio do tucano. O procurador Deltan Dallagnol ainda considerou que era importante fingir estar investigando o tucano para passar imagem de imparcialidade. Leia também Vaza Jato: Instituto FHC seria investigado apenas para passar sensação de apartidarismo da Lava Jato Em troca de mensagens com Dallagnol, no dia 13 de abril de 201 7- quando o “Jornal Nacional” divulgou que FHC estaria sendo investigado pela Lava Jato –...

Em nova reportagem do The Intercept Brasil sobre o Vaza Jato, o ex-juiz federal Sérgio Moro aparece em conversas tentando blindar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso das investigações do Ministério Público Federal para garantir o apoio do tucano. O procurador Deltan Dallagnol ainda considerou que era importante fingir estar investigando o tucano para passar imagem de imparcialidade.

Leia também
Vaza Jato: Instituto FHC seria investigado apenas para passar sensação de apartidarismo da Lava Jato

Em troca de mensagens com Dallagnol, no dia 13 de abril de 201 7- quando o “Jornal Nacional” divulgou que FHC estaria sendo investigado pela Lava Jato – Moro reclamou da denúncia contra o ex-presidente, destacando prescrição e possível perda de apoio.

Moro – 09:07:39 – Tem alguma coisa mesmo seria do FHC? O que vi na TV pareceu muito fraco?
Moro – 09:08:18 – Caixa 2 de 96?
Dallagnol – 10:50:42 – Em pp sim, o que tem é mto fraco
Moro – 11:35:19 – Não estaria mais do que prescrito?
Dallagnol – 13:26:42 – Foi enviado pra SP sem se analisar prescrição
Dallagnol – 13:27:27 – Suponho que de propósito. Talvez para passar recado de imparcialidade
Moro – 13:52:51 – Ah, não sei. Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante

Após a pergunta de Moro, Dallagnol teria ido tirar satisfação com os procuradores do Distrito Federal, responsáveis pela acusação.

Veja também:  Deltan Dallagnol tentou montar empresa de palestras para faturar com a Lava-Jato

Dallagnol – 11:42:54 – Caros o fato do FHC é só caixa 2 de 96? Não tá prescrito? Teve inquérito?
Sérgio Bruno Cabral Fernandes – 11:51:25 – Mandado pra SP
Sérgio Bruno Cabral Fernandes –11:51:44 – Não analisamos prescrição
Dallagnol – 13:26:11 – 

Segundo o The Intercept, essas revelações sugerem mais uma vez a parcialidade na Lava Jato, que tanto Moro quanto a força-tarefa negam veementemente. Nas mensagens divulgadas nesta terça-feira (18), Moro aparece explicitamente preocupado com investigações da Lava Jato contra um apoiador político. E Dallagnol admitia acreditar que outros procuradores passaram adiante a investigação sabendo que não resultaria em processo, com o objetivo de fabricar uma falsa percepção pública de “imparcialidade”, sem colocar FHC em risco.

Confira a íntegra da reportagem aqui.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum