Imprensa livre e independente
20 de junho de 2015, 10h49

Venezuela aponta “três grandes mentiras” da mídia brasileira

Em nota, o Ministério de Relações Exteriores venezuelano rechaçou a "manobra midiática que grupos da direita nacional e internacional pretenderam construir a partir de mentiras sobre a viagem de um grupo de senadores brasileiros"

Em nota, o Ministério de Relações Exteriores venezuelano rechaçou a “manobra midiática que grupos da direita nacional e internacional pretenderam construir a partir de mentiras sobre a viagem de um grupo de senadores brasileiros” Por Brasil 247 O Ministério das Relações Exteriores da Venezuela divulgou nota nesta sexta-feira (19) em que cita “três grandes mentiras” da mídia sobre uma missão de senadores brasileiros que pretendia se encontrar na quinta-feira com opositores presos no país. Na nota, o ministério “rechaça” a “manobra midiática que grupos da direita nacional e internacional pretenderam construir a partir de mentiras sobre a viagem de um grupo...

Em nota, o Ministério de Relações Exteriores venezuelano rechaçou a “manobra midiática que grupos da direita nacional e internacional pretenderam construir a partir de mentiras sobre a viagem de um grupo de senadores brasileiros”

Por Brasil 247

O Ministério das Relações Exteriores da Venezuela divulgou nota nesta sexta-feira (19) em que cita “três grandes mentiras” da mídia sobre uma missão de senadores brasileiros que pretendia se encontrar na quinta-feira com opositores presos no país.

Na nota, o ministério “rechaça” a “manobra midiática que grupos da direita nacional e internacional pretenderam construir a partir de mentiras sobre a viagem de um grupo de senadores brasileiros”. Segundo a pasta, o único propósito da missão era “desestabilizar a democracia venezuelana e provocar confusão e conflito entre países irmãos”.

A primeira grande mentira, de acordo com a nota, foi “dizer falsamente” que o governo havia negado a permissão de pouso do avião que levava a comitiva. Segundo o ministério, tal permissão nem havia sido solicitada.

A segunda grande mentira teria sido responsabilizar o governo pela interrupção da via que liga o aeroporto a Caracas.

Veja também:  JN, Veja e UOL sinalizam mudança de posição da mídia em relação a Moro

A nota afirma que o fechamento da via se deu devido ao “lamentável” tombamento de uma carreta carregada com produtos inflamáveis.

A última grande mentira, segundo o ministério, foi afirmar que a segurança e a integridade física dos senadores da direita brasileira esteve comprometida.

Segundo a nota, imagens mostram que os senadores interagiram com ativistas políticos “que estavam em ações próprias da festa eleitoral vindoura”.

A nota termina dizendo que a Venezuela reitera seus laços de amizade e cooperação com o Brasil, baseados no respeito mútuo, na não ingerência em assuntos internos dos Estados e na autodeterminação dos povos.

Leia mais sobre o assunto:

Venezuela nega que tenha impedido pouso de avião com senadores brasileiros em Caracas

Comitiva liderada por Aécio vai a Caracas “defender a democracia” e é hostilizada por manifestantes

Fernando Morais: Visita de senadores brasileiros à Venezuela é “provocação política”

Foto: Reprodução/Twitter 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum