Imprensa livre e independente
01 de junho de 2016, 19h00

Vídeo: PM agride mulher durante ato do MTST em São Paulo

Ao todo, seis pessoas foram detidas em ato contra os cortes do Minha Casa, Minha Vida. Assista Por Redação A Polícia Militar do Estado de São Paulo agiu com truculência na tarde desta quarta-feira (1) ao desocupar a Secretaria da Presidência da República, na avenida Paulista, que estava sendo alvo de um protesto do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Um vídeo publicado pelo BuzzFeed Brasil mostra um policial enforcando uma mulher que já estava caída. Em nota, o MTST repudiou a violência policial e informou que ao todo 6 pessoas foram detidas e encaminhadas ao 78º DP, localizado na...

Ao todo, seis pessoas foram detidas em ato contra os cortes do Minha Casa, Minha Vida. Assista

Por Redação

A Polícia Militar do Estado de São Paulo agiu com truculência na tarde desta quarta-feira (1) ao desocupar a Secretaria da Presidência da República, na avenida Paulista, que estava sendo alvo de um protesto do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Um vídeo publicado pelo BuzzFeed Brasil mostra um policial enforcando uma mulher que já estava caída.

Em nota, o MTST repudiou a violência policial e informou que ao todo 6 pessoas foram detidas e encaminhadas ao 78º DP, localizado na Rua Estados Unidos, nos Jardins.

“A todos que a apoiam a luta popular,

Como é de conhecimento de todos (as) a polícia militar reprimiu fortemente agora a pouco os manifestantes do MTST e da Frente Povo Sem Medo na Av. Paulista.

Até o momento são 6 companheiros presos que encontram-se na 78ª DP e vários companheiros feridos em virtude da violência e da covardia da Polícia Militar de Geraldo Alckmin.

A ocupação do escritório regional da presidência de São Paulo permanece ocupada, tanto dentro como do lado de fora do prédio.

Solicitamos todo apoio possível, divulgação nas redes sociais, presença em apoio a ocupação, assim como companheiros do direito que possam dar assistência aos nossos presos no 78ª DP.
MTST, a luta é pra valer!”

Veja o vídeo:

Veja também:  Presidente do Grupo Companhia das Letras, Luiz Schwarcz troca socos com homem na Flip

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags