Na CPI, Pazuello mostra que Bolsonaro continua mandando e ele obedecendo

Escrito en VÍDEOS el

No primeiro tempo de seu depoimento à CPI do Genocídio, Eduardo Pazuello mostrou que segue obedecendo as ordens de Jair Bolsonaro, o capitão do time que comanda o genocídio, a devastação, a corrupção e o contrabando de madeiras da Amazônia e o desmonte do estado brasileiro, com a privatização da Eletrobras.

De frente para Flávio Bolsonaro, Pazuello mostrou sua subserviência ao mentir por diversas vezes na CPI, seguindo a estratégia traçada no Planalto de blindar o presidente e sua prole.

Enquanto isso, a Polícia Federal cumpria mandados de busca e apreensão nos endereços ligados ao ministro Ricardo Salles, que a todo custa tenta "passar a boiada" e abrir caminho para criminosos devastarem a Amazônia.

E, para completar, no final da noite a Câmara, sob a batuta de Arthur Lira (PP-AL), aprovou a privatização da Eletrobras, assunto que será tratado com Victor Costa, Diretor da Associação dos Empregados de Furnas, que faz parte do Coletivo Nacional dos Eletricitarios, na edição desta quinta-feira (20) do Fórum Café.