Escândalo das vacinas cresce com CanSino e Bolsonaro já admite corrupção em seu governo

Esta edição do Fórum Onze e Meia comenta o novo escândalo depois da compra da vacina Covaxin, agora com a CanSino, envolvendo o líder do governo Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

O advogado de Ricardo Barros, e sócio de seu genro, trabalhou para chineses da CanSino em negociação para a liberação da vacina, participou inclusive de reunião da Anvisa. O órgão cancelou a análise após a perda de legitimidade da empresa Belcher Farmacêutica do Brasil Ltda e do Instituto Vital Brazil S.A. para atuarem como interessados no processo. Ricardo Barros pode ser chamado a depor na CPI do Senado.

Todas essas denúncias levaram o presidente a mudar o seu discurso sobre corrupção. E mais: deputados articulam uma CPI das Vacinas na Câmara, Datena se filia ao PSL e deve se candidatar à presidência, campanha faz desmotizar o programa de Sikera Jr, entre outras notícias do dia.
Convidados desta edição:
– Ricardo Berzoini, ex-ministro, ex-deputado federal e ex-presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo
– Ronny Teles, do canal do Ronny Teles

Comentários de Renato Rovai e apresentação de Dri Delorenzo

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR