O serial killer do DF e a defesa das armas de Bolsonaro

Quase trezentos policiais estão empreendendo uma caçada a Lázaro Barbosa, o serial killer do Distrito Federal, que assassinou brutalmente com tiros e facadas uma família no último dia 9. Mesmo diante de uma verdadeira estratégia de guerra montada pela polícia, Lázaro resiste e já entra em seu 10º dia de fuga. Enquanto isso, Bolsonaro, que […]

Quase trezentos policiais estão empreendendo uma caçada a Lázaro Barbosa, o serial killer do Distrito Federal, que assassinou brutalmente com tiros e facadas uma família no último dia 9.

Mesmo diante de uma verdadeira estratégia de guerra montada pela polícia, Lázaro resiste e já entra em seu 10º dia de fuga.

Enquanto isso, Bolsonaro, que teve uma arma roubada em 1995 durante um assalto em 1995, volta a fazer a defesa do armamento da população para “se defender” diante de criminosos em série, relacionando à sua ridícula proposta de desobrigar o uso de máscaras contra a Covid-19.

Seja pela inação diante da pandemia, seja pela “pregação” pró-armamento, Bolsonaro comanda um governo de morte, seja pela pandemia, seja pelas armas.

Fique por dentro das principais notícias desta sexta-feira (18) no Fórum Café.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR