Após fugir para os EUA, Carlos Wizard mostra versículo bíblico ao chegar à CPI; siga ao vivo

O empresário suspeito de ser um dos financiadores do “gabinete paralelo” do ministério da Saúde vai depor na CPI do Genocídio nesta quarta-feira

Ao chegar ao Senado para depor à CPI do Genocídio, na manhã desta quarta-feira (30), o empresário Carlos Wizard, acusado de fazer parte do gabinete paralelo que municiava Jair Bolsonaro com informações negacionistas sobre a pandemia, exibiu um papel com referência ao versículo bíblico de “Isaias: 41:10”.

Isaías é um dos livros proféticos do Antigo Testamento da Bíblia. O versículo levado pelo empresário diz “por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”.

Wizard desembarcou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), nesta segunda-feira (28), por volta das 9h20, após não comparecer à CPI por estar nos EUA. A suspeita de que ele seja um dos financiadores do “gabinete paralelo” do ministério da Saúde, que aconselhava o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) a promover o tratamento precoce contra a Covid.

Logo após o desembarque, Wizard foi encaminhado à sede da Polícia Federal em Viracopos para entregar o passaporte por determinação da Justiça. O empresário deveria ter ido depor à CPI do Genocídio na última quinta (17), mas não compareceu ao Senado Federal.

Notícias relacionadas:

Janaína Paschoal sai na defesa de Wizard e compara “caçada” à de Lázaro Barbosa

CPI do Genocídio: Justiça autoriza retenção do passaporte de Wizard

Condução coercitiva: PF bateu na porta de Carlos Wizard para levá-lo obrigado à CPI

Publicidade

Além de Pazuello, lista de investigados da CPI tem Nise Yamaguchi, Capitã Cloroquina e Wizard

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR