Imprensa livre e independente
10 de junho de 2019, 09h12

“Vou botar fogo no puteiro”, diz Alexandre Frota sobre guerra no PSL

O PSL rachou nos estados e em São Paulo vai tomar posse como presidente estadual um dos filhos de Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Frota faz parte do grupo contrário a essa articulação

Alexandre Frota e Eduardo Bolsonaro (Montagem)
Em meio ao escândalo da Vaza Jato, o deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) promete esquentar ainda mais os bastidores de Brasília. O deputado federal, que vazou no sábado (8) uma conversa de parlamentares do partido e expôs o racha na sigla, usou seu Twitter nesta segunda-feira (10) para reafirmar que a semana será quente no PSL. “Bom dia, Brasil, estão preparados vai pegar fogo a semana”, publicou o parlamentar logo cedo. A mensagem faz referência a outra, postada no domingo (9): “Vai esperando que irei me calar, vou colocar fogo no puteiro se acha que tenho medo ou vou ficar paralisado se...

Em meio ao escândalo da Vaza Jato, o deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) promete esquentar ainda mais os bastidores de Brasília. O deputado federal, que vazou no sábado (8) uma conversa de parlamentares do partido e expôs o racha na sigla, usou seu Twitter nesta segunda-feira (10) para reafirmar que a semana será quente no PSL.

Bom dia, Brasil, estão preparados vai pegar fogo a semana”, publicou o parlamentar logo cedo. A mensagem faz referência a outra, postada no domingo (9): “Vai esperando que irei me calar, vou colocar fogo no puteiro se acha que tenho medo ou vou ficar paralisado se preparem, o que tenho comigo é muito forte. Quanto ao jornal Nacional? Rsrs Vai ser fácil acabar com a mentira. Vamos para o jogo”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Com os vazamentos de conversas de procuradores e do ex-juiz federal Sérgio Moro pelo The Intercept Brasil, a confusão do PSL pareceu ter ficado em segundo plano, mas Frota – que replicou publicações sobre a Vaza Jato em sua conta – promete jogar gasolina no incêndio da sigla do presidente da República.

Veja também:  Entre o lixo psíquico digital e a censura na Internet no documentário “The Cleaners”

O partido está em pé de guerra. Uma articulação de aliados a Jair Bolsonaro busca demover Luciano Bivar (PSL-PE) do posto de presidente nacional do partido após envolvimento com esquema de notas frias.

O partido rachou nos estados e, em São Paulo, vai tomar posse como presidente estadual um dos filhos de Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Frota faz parte do grupo contrário a essa articulação.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum